6.28.2005

BOM DIA



Hoje, como ontem, sinto-me nas tuas mãos