6.17.2005

O porquê

“O teu sal não é amargo! Apesar de simples, o tom da tua escrita é muito inspirador!”

Comentário de Rakel

Busco na simplicidade a humildade das palavras.
Não sou escritor... Sou apenas um pintor
Deste quadro que é a vida,
A minha vida!